"SEJA BEM VINDO!"

"FELIZ AQUELE QUE TRANSFERE O QUE SABE E APRENDE O QUE ENSINA." Cora Coralina

Pesquise aqui!

Carregando...

Quem sou eu

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Aprendi que tudo na vida se aprende tentando e errando, tentando e acertando.Sou uma pessoa otimista, positiva e feliz! Amo minha vida, "meu" vida e minha Jady!

Digital clock

Seguidores

Fofos demais

visitas ao blog

Tecnologia do Blogger.
segunda-feira, 14 de maio de 2012
Esta data, geralmente esquecida, me traz um sentimento de vergonha.


Um pouquinho de história....


A falta de mão-de-obra na época da colonização do Brasil, após o insucesso com a escravidão dos índios, fez com que os portugueses fossem à busca de negros na África para submetê-los ao trabalho escravo em suas colônias.

Os negros, trazidos do continente Africano, eram transportados dentro dos porões dos navios negreiros. Devido as péssimas condições deste meio de transporte, muitos deles morriam durante a viagem. Após o desembarque eles eram comprados por fazendeiros e senhores de engenho, que os tratavam de forma cruel e desumana. A imensa maioria dos negros não tinham como resistir à escravidão, embora muitos tenham se refugiado em quilombos e enfrentado os brancos. Foi o caso de Palmares, em Alagoas, que durou cerca de 70 anos, seu líder, Zumbi dos Palmares, considerado um símbolo de resistência e luta contra a escravidão, foi degolado em 20 de novembro de 1695, data em que é lembrado como Dia da Consciência Negra. Será que dá pra comemorar?

A escravidão no Brasil durou cerca de 300 anos!

A abolição não aconteceu da noite para o dia, sucederam a Lei Áurea, a Lei dos Sexagenários, onde os escravos que completavam 60 anos eram libertos e a Lei do Ventre Livre, onde os nascidos após aquela lei, poderiam ser libertados. 

No documento original, assinado pela Princesa Isabel, em 1888, o texto da Lei Áurea é curto e bastante objetivo, encontra-se no Museu Imperial de Petrópolis. Segue o texto:

"A Princesa Imperial Regente, em Nome de Sua Majestade, o Imperador, o senhor dom Pedro II, faz saber a todos os súditos do Império que a Assembléia Geral decretou e Ela sancionou a Lei seguinte:

Art. 1º - É declarada extinta desde a data desta Lei a escravidão no Brasil.
Art. 2º - Revogam-se as disposições em contrário."

E por que foi a Princesa Isabel que assinou esta lei e não D. Pedro II?
Havia pressão dos abolicionistas e dos escravocratas e o Imperador não querendo ficar responsável e nem criar inimigos, viajou, deixando esta "bomba" na mão da Princesa.


referencial bibliográfico: www.educacao.uol.com.br/ www.suapesquisa.com

0 comentários: